Notícias Quentinhas

12/10/2012 22h38 - Atualizado em 18/10/2012 14h38

Mimos da vovó

Centro-oeste recebe a primeira franquia da doceria argentina Abuela Goye, no ParkShopping. No menu, tortas, chocolates, alfajores e sorvetes artesanais.

Por Maraísa Oliveira

O charme invernal, as ruas cercadas por montanhas e o encantamento de pequenas cidades como Bariloche fazem da Patagônia argentina um dos mais charmosos cartões postais do mundo. Porém, nem só suas paisagens conquistam os turistas, a gastronomia também. A região é repleta de pequenos restaurantes, cafés e casas de chá que atraem os clientes que fogem do frio e se deliciam com os apetitosos produtos artesanais. Um desses locais é a doceria Abuela Goye, que oferece tortas, chocolates, afajores, sorvetes, cafés e empanadas. A marca está presente em várias cidades da Argentina e chegou ao Brasil há três anos, em Salvador (BA). Já neste mês foi a vez de Recife (PE) e Brasília (DF). Em breve, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.
Divulgação
A Abuela Goye inaugurada no último dia 30 de setembro, no ParkShopping, apresenta o mesmo charme dos cafés patagônicos. Em seus 43m², com capacidade para atender 48 pessoas sentadas, há pequenas mesas que dividem espaço com balcões expositores de doces, tortas e sorvetes, além de chocolates e alfajores.  
Divulgação
Na decoração, as mimosas figuras de avós espalhadas pela loja têm justificativa. Abuela em espanhol significa avó e Goye é o nome da família fundadora da grife. Eles são imigrantes suíços que se estabeleceram na Patagônia argentina. Lá, começaram com o cultivo de frutas típicas, como morango, framboesa e frutas vermelhas, além de amêndoas e nozes, ingredientes que se tornaram matéria-prima para a produção de seus doces. Hoje a marca não pertence mais aos Goye, mas mantém a homenagem no nome e na tradição de elaboração artesanal das receitas, com insumos patagônicos.
Marcos André / Divulgação
Com exceção dos cafés e das empanadas, com recheios nos sabores carne, frango, bacalhau, queijo, calabresa, berinjela e carne apimentada (R$ 7,50 cada), todos os itens da loja são importados da Argentina. Eles chegam de navio, a cada dois ou três meses. “Fazia um bom tempo que estávamos procurando algo para investir, mas queríamos um produto diferente, que não existisse em Brasília. Quando conhecemos a Abuela Goye nos apaixonamos”, contam as sócias-proprietárias da franquia Paula e Débora Bellinello.
Marcos André / Divulgação
O carro-chefe da marca é a torta mil folhas (na foto acima), feita com finas camadas de massa folhada, recheadas com o doce de leite da grife, a R$ 13,50 a fatia. Outro destaque é a de frutas secas ao conhaque, elaborada com massa de biscoito e frutas patagônicas secas, banhadas com a bebida, a R$ 12 a fatia.
Divulgação
O alfajor (na foto acima) é um dos doces mais típicos da Argentina, na maioria das vezes recheado com doce de leite e coberto com chocolate. Na Abuela Goye ele aparece em dez versões, como a de glacê branco com doce de leite, de geleia de morango com frutas vermelhas, de chocolate ao leite com musse também de chocolate e de geleia de rosa mosqueta com chocolate branco.  Eles são vendidos individualmente, nas porções de 27g (R$ 4,50) e de 50g (R$ 6,50), ou em embalagens com sabores variados, como a caixa de Alfajor Degustación, com oito unidades, a R$ 49 (400g).
Divulgação
Os sorvetes, também produzidos artesanalmente, possuem menos conservantes que a maioria dos comercializados no mercado, para garantir o gosto natural, seja da fruta ou do creme. A variedade da casa chega a 17 opções, muitas delas incrementadas com doce de leite, já que a Argentina é conhecida mundialmente pela altíssima qualidade desse produto. Dentre elas estão: doce de leite Abuela Goye, com amêndoas, nozes e biscoitos cobertos com chocolate; doce de leite granizado, com raspas de chocolate semi-amargo; e chocolate com doce de leite. Destaque também para o de morango com frutas vermelhas da Patagônia (na foto abaixo) e para o de pêra com amora. Uma bola sai a R$ 9,50 e duas a R$ 15,50.
DivulgaçãoOs chocolates expostos no balcão são vendidos por quilo e saem a R$ 17 cada 100g. Algumas das delícias são as trufas granizadas (recheadas com creme de chocolate), as ramas semi-amargas e os figos com nozes.

Para beber, a melhor pedida são os cremosos chocolates quentes, todos feitos com o próprio produto derretido. O que leva o nome da casa, por exemplo, é feito com licor de chocolate, chantilly e chocolate da marca granizado semi-amargo, a R$ 12,50. Para quem preferir um cafezinho, o espresso sai a R$ 3,50 e o extraforte a R$ 6,50. Os grãos utilizados são do tipo gourmet orgânico, trazidos da Chapada Diamantina (BA).

Serviço

Abuela Goye
ParkShopping, 2º piso, SAI/SO Qd. 1, Área 6580, Guará; (61) 3233-4578.
De segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingo, das 13h às 20h.

leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
leia mais...
1 |2 |3 |4 |5 |6 |7 |8 |9 |10 |Próxima

Busca

Publicidade Lamb Lamb 2014
Publicidade Instagramers 2014

Facebook

Twitter

Instagram